domingo, 23 de setembro de 2012

Vencedores não desistem

Há um velho ditado que diz que só não se dá jeito para a morte, e realmente não há situações irremediáveis, apenas pessoas que perdem a esperança quando as enfrentam.  Hoje eu estava lendo sobre a história de Kevin Poland. Quando ele nasceu os pais foram informados que ele não viveria mais de 24 horas. Mais tarde, disseram que ele não passaria do primeiro ano. E a vida continuava para Poland, com todas as razões para desistir, e entregar os pontos. Mas acontece que estas palavras não faziam parte do vocabulário dele e de seus pais.

Kevin usou fraldas até os 12 anos.  Usa barras  de aço inoxidável nas costas para poder sentar-se. E sempre com os pais como suporte, sendo amparado por amor, porém sendo criado sem superproteção, estimulando a independência. Conforme foi crescendo, Kevin não quis que ninguém cuidasse dele. Lutou para arranjar emprego, e viver autossuficiente. Quando fez 17 anos andar de cadeira de rodas já era ser um vencedor.  Passou no exame de motorista, o que lhe permitiu guiar um veiculo especialmente adaptado.  A cada movimento feito, a cada oportunidade aproveitada está mostrando o equívoco daqueles que o condenaram.  Mostrando que para os vencedores não há desistência. Nesta semana, pense em Kevin Poland, e agregue em você o mesmo espirito de dedicação e determinação.
 Luiz Antonio Silva

3 comentários:

Gugu Keller disse...

Que desistir nos seja sempre inconcebível.
GK

✿ chica disse...

Que linda lição de vida.Um belo exemplo. Pessoas desistem de viver por bobagens, não e outros, lutam assim... beijos,linda semana,tudo de bom,chica

Natural.Origin disse...

Vencedores não desistem:)

Postar um comentário

É assim...

É assim...
Tecnologia do Blogger.

ou é assim...

ou é assim...

Follow by Email

About Me

Minha foto
Pedra bruta se deixando lapidar pelo cinzel da vida

Seguidores