segunda-feira, 5 de novembro de 2012

SE ACONTECER...


As estrelas brilham sem saber, 
Mas cada vez melhor... 
Pois foi só você aparecer, 
Todas desceram pra ver 
Você brilhar de cor. 
O que mais chamou-me a atenção: 
Sua expressão sutil.
Isso eu já não posso esquecer 
Porque não foi só visão, 
O coração sentiu.... 
 A tenda da noite enche de sombra 
Um sonhar vazio. 
Percorri tantas fontes até ver você 
Sair do nada pros meus horizontes. 
Que a manhã pura e sã, 
Com as mãos de jasmim, vá roçar seu rosto 
Pro amor ardente despertar por mim. 
Deus é pai, vai saber... 
Se acontecer, serei seu até o fim! 
Em tempo de chuva, que chova; 
Eu não largo da sua mão! 
Nem que caia um raio, 
Eu saio sem você na imaginação. 
 As estrelas brilham sem saber, 
Mas cada vez melhor... 
Pois foi só você aparecer, 
Todas desceram pra ver 
Você brilhar de cor. 
 O que mais chamou-me a atenção: 
Sua expressão sutil. 
Isso eu já não posso esquecer 
Porque não foi só visão, 
O coração sentiu.... 
 A tenda da noite enche de sombra 
Um sonhar vazio. 
Percorri tantas fontes até ver você 
Sair do nada pros meus horizontes. 
Que a manhã pura e sã, 
Com as mãos de jasmim, vá roçar seu rosto 
Pro amor ardente despertar por mim. 
Deus é pai, vai saber... 
Se acontecer, serei seu até o fim! 
 Em tempo de chuva, que chova; 
Eu não largo da sua mão! 
Nem que caia um raio, 
Eu saio sem você na imaginação. 
 Em tempo de chuva, que chova; 
Eu não largo da sua mão! 
Nem que caia um raio, 
Eu saio sem você na imaginação
Djavan

2 comentários:

✿ chica disse...

Linda essa música. ótima semana, beijos,tudo de bom,chica

O Profeta disse...

Cinco letras…
Cinco pontas de cadente perdida na aurora
Na loucura de alguns instantes escrevo
Descalço vou adiante num ir longe, embora

Solto das mãos murmúrios sussurrantes
Do basalto explode um bando de pombos bravos, alguns negros
Há um livro branco apenas com a palavra ausência
Há uma carta de marear para um rumo de mil segredos

Flores de solidão crescem em pedaços de fria lava
Um espantalho saltou-me do bolso a remexer
Uma sombra desceu a janela e tocou-me
Cerrei olhos para sentir o que não queria ver

Luminoso fim de semana


Doce beijo

Postar um comentário

É assim...

É assim...
Tecnologia do Blogger.

ou é assim...

ou é assim...

Follow by Email

About Me

Minha foto
Pedra bruta se deixando lapidar pelo cinzel da vida

Seguidores