terça-feira, 20 de novembro de 2012

Dia Nacional da Consciência Negra


POEMA POLÍTICO
CONSTRUÇÃO
E foi assim que o operário
Do edifício em construção
Que sempre dizia sim
Começou a dizer não,
E aprendeu a notar coisas
A que não dava atenção:
Notou que sua marmita
Era o prato do burocrata-ladrão...
Que o casebre onde morava
Era a mansão do burocrata-ladrão
Que a dureza do seu dia
Era a noite do burocrata-ladrão
Que sua imensa fadiga
Era amiga do burocrata-ladrão
E o operário disse : Não ! 
E o operário fez-se forte 
Na sua resolução.
(Adaptação de um poema de Vinícius de Moraes , de onde foi substituida a palavra "patrão" )

3 comentários:

✿ chica disse...

Ficou ótima essa contrução.Lindo!! Oportuno! beijos,chica

Misturação - Ana Karla disse...

TÁ LINDO O BLOG!
Bora marcar a tapioca...
Saudades
Xeros

Ed Soares disse...

ZZZZZZZZZZZzzzzzzzzzzzzzzzzzzz....




NÃÃÃÃÃÃÃOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!



zzzzZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZzzzzzz......

Postar um comentário

É assim...

É assim...
Tecnologia do Blogger.

ou é assim...

ou é assim...

Follow by Email

About Me

Minha foto
Pedra bruta se deixando lapidar pelo cinzel da vida

Seguidores