sexta-feira, 25 de maio de 2012

Pé Grande, Coração Maior



Era um dia muito quente.

Todos procuravam algum tipo de refrigério, logo, uma sorveteria parecia ser uma boa opção.

Uma menininha entrou na loja segurando firme seu dinheiro.

Antes que ela dissesse uma palavra,o dono, bravo, disse que ela saísse e lesse a placa na porta, e que ficasse lá fora até calçar um sapato.

Ela saiu vagarosamente.

Um homem grande a seguiu para fora da loja.

Ele a viu ficar na frente da porta e ler a placa : Não entrar descalço.

As lágrimas começaram a rolar pelas suas bochechas.

Então, o homem a chamou.

Eles sentaram na calçada, ele tirou seus sapatos tamanho 45, e os colocou em frente da menininha dizendo, "Aqui, você não vai conseguir andar com eles, mas se você os arrastar até lá dentro poderá pegar o seu sorvete."

Ele levantou a menininha e a calçou. "Não precisa se apressar," ele disse, "eu fico cansado de ficar arrastando os pés dentro dos sapatos, e será bom ficar sentado aqui comendo meu sorvete."

Era impossível não perceber o brilho nos olhos da menininha à medida que ela arrastava os pés até o balcão para fazer seu pedido.

O homem era grande.

Barriga grande, sapatos grandes, mas acima de tudo, tinha um grande coração.

Legalismo mata e faz a vida difícil.

Sensibilidade às necessidades do próximo abençoa.

Colaboração: Renato Antunes Oliveira
.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.

Oiee!!
Adoro ligar a tv de manhã na sexta feira e ver Chico Pinheiro enchendo a casa com aquela frase animadíssima: e graças a Deus, hoje é sexta feira....Vida que segue!!
Realmente segue a vida, até quando???....não sei dizer, mas fazer valer a pena cada instante, cada fração de segundo é muito válido, mesmo que seja oferecendo os sapatos para alguém chupar o sorvete.
Semana foi difícil, sim foi.Não que eu queira fazer do blog um muro de lamentação, mas desabafo, feito jarra que precisa transbordar água suja até que venha uma nova quantidade de água limpa e tudo se renove...são as minhas necessidades.
Plena de conhecimento que nada nos acontece por um acaso...mas terça ao voltar da faculdade fui assaltada por dois homens em uma moto, e foi tudo tão rápido que a única coisa que fiz segurar foi a chave para entrar em casa e sebo nas canelas. Daí vem aquele aborrecimento básico de delegacia, fazer B.O por conta de documentos como carteira de estudante e vem estudantil,e meu caderno, o que na verdade foi o maior prejuízo, no mais acabei ficando com dó dos caras, sim dó, não por serem ladrões, mas por além de o serem denotam burrice aguda, como é que se assusta e assalta alguém desempregada com um celular analógico, sim analógico tijolão todo, sem crédito e com um porta níquel com moedas de cinco centavos no valor de um real??
Mas ontem não fui na aula, pois como sabem ainda também estou tentando me livrar da porca da gripe, mas uma amiga me ligou me dizendo que acharam minha bolsa com minhas coisas e devolveram na própria faculdade...graças a Deus o caderno está lá!!
Só sei que quando esta gripe for embora de fato vou sentar na calçada com um belo sorvete: chocolate com menta, porque eu mereço!!!
Como disse o texto...Legalismo mata e faz a vida difícil.
E hoje é graças a Deus é SEXTA FEIRA!!!! É a vida que segue!!!

2 comentários:

✿ chica disse...

É fogo mesmo!!essa coisa da insegurança nos arrepia e cansa!!Pena!! E após tanto corre-corre, que bom que é 6ª feira> mereces descansar! beijos,tudo de bom,chica

Milton Kennedy disse...

Boa noite Teresa Cristina,
adorei o texto sobre a garotinha sem sapatos, encantador.

Abraços, saúde e muita paz interior.

Postar um comentário

É assim...

É assim...
Tecnologia do Blogger.

ou é assim...

ou é assim...

Follow by Email

About Me

Minha foto
Pedra bruta se deixando lapidar pelo cinzel da vida

Seguidores