domingo, 27 de maio de 2012

O Homem é como uma Casa


O homem é como uma casa. Tal e qual.

Há casas que são uma fachada. Atrás de um belo e suntuoso frontispício, escondem um interior e uns fundos miseráveis.

Em compensação, há homens de aparência rude, de mãos calejadas e rostos cheios de sulcos que, no entanto, ao se lhes penetrar no íntimo, revelam uma alma hospitaleira, repleta de bondade sincera e de celestial tranqüilidade.

Há uns velhotes, baixinhos e atarracados, com o cabelo virado nas pontas que lembram essas mansardas coloniais de telhado de beira, com a sala de visita atulhada de objetos antigos, alguns muito bonitos e bem trabalhados, mas que atualmente, não têm a menor utilidade. Por exemplo: um castiçal de prata para velas de sebo, que ainda não tomou conhecimento da existência do mercado das lâmpadas fluorescentes.

Dois irmãos gêmeos são dois prédios iguais, construídos pelo mesmo arquiteto, com o mesmo material. Um cidadão com mais de dois metros de altura é um arranha-céu, sem elevador.

Um homem doente é uma casa avariada. Um homem com muitas doenças é um hospital.

O barbeiro é uma espécie de jardineiro, encarregado de podar as vegetações que nascem na frente da casa. Há barbas piores do que tiririca ou carrapicho rasteiro.

Um homem, uma casa.

Alguns senhores do interior, parados na avenida, uma aldeia.

Um senhor que tem algumas amizades e as explora familiarmente, é uma casa de pensão.

Um cavalheiro muito amável e muito cortês, mas que assalta sem piedade as pessoas que a ele recorrem, é um hotel de luxo.

Os irmãos siameses são dois prédios contíguos.

Um grão-fino, de flor no peito, é um bangalô, muito bem arranjadinho, com jardim na frente, mas hipotecado até os alicerces.

Há homens palácios.

Há homens taperas.

Há homens residenciais.

O tipo mais simpático, porém, é aquele que nos paga o almoço regado a finos líquidos. Este é o armazém de secos e molhados.

Apparicio Torelly

3 comentários:

Gisa disse...

Que comparação inusitada! Gostei! Abraço e boa semana!

✿ chica disse...

rssssssss...Aparício Torelly sempre bem espirituoso em suas falas...Legal ler! beijos,linda semana,chica

ONG ALERTA disse...

Realmente são como fachadas...
Beijo Lisette.

Postar um comentário

É assim...

É assim...
Tecnologia do Blogger.

ou é assim...

ou é assim...

Follow by Email

About Me

Minha foto
Pedra bruta se deixando lapidar pelo cinzel da vida

Seguidores