quarta-feira, 18 de abril de 2012

Canetinhas



De todos os sonhos loucos que já tive,
guardo vivo na minha lembrança,
um desejo do meu tempo de criança:
de poder pintar o mundo com canetinhas coloridas.

E com mais de cinco riscos,
desenhar pontes que terminassem com fronteiras humanas.
Onde as pessoas de todos os países e credos,
pudessem atravessar e se abraçarem sem medo.

Pintar rostos tristes.
Desenhar comida que abrandasse a fome,
escrever frases de testemunho vivo dos vencedores,
e apagar o medo dos fracos e dos indecisos.

Desenhar portas onde não se vê saída,
colorir a rua onde você mora,
e na varanda da sua casa, deixar flores multicoloridas,
para lembrar que a vida pode ser da cor que a gente pintar.

Por fim, no meu sonho tão infantil,
desenharia uma cruz vazia,
para redimir o erro do mundo que condenou
“Aquele” que só pregou o amor.
No lugar dos pregos do martírio, uma luz,
para lembrar que pela Terra, um dia passou Jesus.

Que eu não sonhe sozinho o sonho de colorir o mundo…

____________________
Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br
.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.


3 comentários:

✿ chica disse...

LIndo sonho esse e Paulo sempre feliz em suas mensagens!beijos,chica

Milton Kennedy disse...

Oi Teresa Cristina, adorei sua postagem. E o vídeo com esta linda canção ficou demais!

Ainda sobre o tema despeço-me com uma frase cujo desconheço o autor:

“Construa o futuro como uma criança constrói um desenho: colorido, criativo e cheio de vida.”

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa Tarde Amiga!
Hoje em especial
Parei um pouquinho
Para trazer o meu carinho.
E apenas lhe dizer muito simplesmente,
Muito Obrigado!
Obrigado por tudo, que Deus esteja sempre com você hoje e sempre e sempre...
Com todo o meu carinho o meu grande Abraço.
Maria Alice

Postar um comentário

É assim...

É assim...
Tecnologia do Blogger.

ou é assim...

ou é assim...

Follow by Email

About Me

Minha foto
Pedra bruta se deixando lapidar pelo cinzel da vida

Seguidores