sábado, 28 de setembro de 2013

Encontros Impossíveis


Eis o texto de abertura da Peça Encontros (Im)possíveis, que José Carlos De Lucca - nosso convidado para a Bienal do Livro - fez para o seu querido amigo Renato Prieto (segundo nos informou o próprio Prieto).
Dê o Primeiro Passo Cuidado para que seus sonhos não se transformem em meros projetos e intenções … Frustração é o nome que se dá aos castelos que muitas vezes nossas mãos não quiseram construir
Não desanime apenas porque sua meta exigirá longo esforço.
Toda longa caminhada começa no primeiro passo
Um livro de mil folhas foi escrito pagina por pagina, palavra por palavra
Não fique contando as prováveis dificuldades que vai encontrar, pois é possível que desista antes mesmo de começar 
Ponha-se a trabalhar e as dificuldades serão naturalmente resolvidas quando aparecer, se aparecer
Jamais esqueça que dando o primeiro passo você se sentirá animado a dar logo o segundo e assim sucessivamente até a conquista das suas aspirações
Quanto mais anda mais se sente empolgado em se aproximar do alvo desejado
Quanto mais parado você fica, mais cansado e desanimado você estará
Não se preocupe em se sentir ainda despreparado para atingir objetivos que você tanto acalanta.
Ninguém está totalmente pronto quando inicia um novo projeto
Comece a trabalhar pelos seus ideais e no curso dos acontecimentos você terá os aprendizados necessários e fará os ajustes precisos para alcançar a meta desejada
Você não atravessará uma rua se ficar apenas contemplando o outro lado da calçada, o segredo do caminho é caminhar
Se esperar pelo dia ideal para começar a trabalhar, você provavelmente não sairá do lugar Então…
De o primeiro passo”
(José Carlos de Lucca)
.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~

Depois de tanto tempo, volto a blogar, voltando e compartilhando esta peça que assisti no Teatro Guararapes no Centro de Convenções - Olinda.
Peça linda, que realmente você se questiona, será que realmente todos os encontros são impossíveis...
Interpretação fabulosa do começo ao fim com Renato Prieto.
Em um dos encontros impossíveis e que se eternizou na minha mente será o de Chico Xavier em que ele questiona a Chico, o que vem a ser o acaso e Chico sabiamente responde: "O acaso meu filho, é quando Deus não quer assinar"....

É assim...

É assim...
Tecnologia do Blogger.

ou é assim...

ou é assim...

Follow by Email

About Me

Minha foto
Pedra bruta se deixando lapidar pelo cinzel da vida

Seguidores